Culto aos Ancestrais

Muitas culturas ao redor do mundo veneram seus ancestrais. Entre os nativos-americanos, a veneração dos ancestrais tem como objetivo garantir a harmonia, o bem-estar e conscientização positiva sobre a eternidade do Ser. A função social ou não-religiosa do culto aos ancestrais é cultivar valores e virtudes, tais como perdão, lealdade, família e continuidade. A veneração aos ancestrais ocorre em sociedades com graus de complexidade social, política e étnica diferentes, mas continua sendo um componente importante nas práticas xamânicas até os dias atuais. Todo aquele que nega sua tradição, nega sua ancestralidade.