Maha Mrityunjaya Mantra, o elixir de longa vida.

Domínio sobre a morte e o tempo.

Conforme os textos sagrados Hindus, o Param Brahma – Deus supremo, rege o universo através de seus três principais aspectos – a trindade divina: a criação por Brahma, preservação por Vishnu e a transmutação por Shiva. O mantra é o aspecto vibratório da divindade e o Mahamrityunjaya Mantra representa Shiva que como regenerador evita e elimina efermidades, e como transmutador eleva o ser aos níveis superiores da consciência. Shiva tem diversas formas divinas, bem superiores às de outros aspectos divinos. De todas elas, a mais benevolente e importante é a do Mahamrityunjaya: Deus que permite a conquista da morte. A morte é, obviamente, inevitável, porém não deve ser intempestiva. Os sábios antigos e os iogues, descobriram meios pelos quais a morte intempestiva pode ser prevenida, o melhor deles sendo o Mahamrityunjaya Mantra. Shiva destrói o veneno dos problemas sentidos pelos seus devotos, brindando-os com o elixir da saúde, com a longevidade e os benefícios divinos.

A pessoa que canta diariamente o Mahamrityunjaya Mantra fica livre de todas as doenças e atinge a longevidade e, depois da morte, a alma se funde com Shiva. A repetição do mantra faz com que a pessoa fique livre de doenças e atinja a longevidade, criando melhores condições para se vencer as limitações humanas. É um meio de relacionamento com o Indestrutível, o Imperecível e o Eterno.

O Mahamrityunjaya Mantra


OM TRYAMBAKAM YAJAMAHE
SUGANDHIM PUSHTIVARDHANAM
URVARUKAMIVA BANDHANAM
MRITYORMUKSHIYA MAMRITAT

“Venero o Senhor Shiva, aquele que possui 3 olhos,
Senhor de todos os sentidos e sustentador do universo.
Conceda-me a imortalidade, liberta-me da morte
assim como 
a fruta madura se desprende facilmente de seu talo.”


O significado

“OM” é uma sílaba que contém toda a consciência divina manifestada e não manifestada A vibração de seu som, inaudível aos nossos ouvidos, é perceptível ao ser interno. Tem o poder de purificar o ser inteiror, eliminar a desarmonia e incentivar mudanças nas pessoas ao redor.

“Tryambakam” significa três olhos. O aspecto divino possui três olhos. O terceiro olho é o da onisciência, da verdade suprema, da sabedoria indescritível.

“Yajamahe” significa, nós meditamos, adoramos, veneramos.

“Sugandhim” esta palavra é composta de su (bom) e gandha de (fragrância, odor). Deus é a fragância preciosa do amor ilimitado, puro, infinito e perfeito.

“Pushti vardhanam” Deus, que é onisciente nutre e sustenta todas as formas de vida porque Deus é a fonte de toda vida e, como tal, responde aos pedidos do devoto.

“Urvarukam-iva bandhanan” compara, figurativamente, a alma do homem com o pepino maduro que é facilmente libertado do seu talo.

“Mityor-mukshiya” é uma súplica “assim, Ó Deus, liberta-me da morte, de todas as limitações, de toda escuridão e infelicidade.” A morte não significa só a morte física mas sim, a ignorância, a falta de devoção e desamor. Assim sendo, existem várias formas de morrer e o devoto pede a Deus que o liberte de todas elas.

“Mamritat” concede imortalidade. ‘Amrita’ significa imortalidade, néctar. Deus nos nutre com o néctar da imortalidade, nos brinda com saúde, força e sabedoria divina, valores eternos que nos preparam a fim de ter a experiência divina. A paciência, resistência, abnegação, pureza e anulação do ego são as condições prévias e essenciais para a realização divina. Tais qualidades representam o néctar da imortalidade.

Resumindo, temos:

“Ó Deus Onisciente, nós O adoramos. Ó Deus pleno de fragrância, Tu és o grande provedor e sustentador de toda vida. Assim como o pepino ou a fruta madura se desprende facilmente de seu talo, assim também liberta-nos da morte, concedendo o néctar de Imortalidade.”

Medite no significado deste Mantra enquanto você o repete. Dirija toda sua atenção interna para o onipotente, o onisciente. Onde quer que você olhe, Deus está lá: dentro de você, em seus olhos, em sua alma. Se você repetir o mantra desta maneira, receberá grandes bênçãos, Ele lhe concederá melhor saúde, preservando-o de todos os tipos de infelicidade, todo seu ser se transformará, você se tornará uma nova pessoa. Este mantra é uma grande benção. Repita-o incessantemente com grande devoção e concentração. Quanto maior sua devoção e fé em Deus mais poderoso o mantra se tornará. Se vierem distrações, transforme-as em meios para sentir Deus. No seu dia a dia, não se ocupe com maledicências e demais atividades mundanas, mantenha o silêncio interior e a contínua repetição mental do mantra.


Como praticar o Mantra

Ao cantar o mantra deve-se sentar com a face para o leste ou para o norte. De preferência usar um japamala/rosário de Rudraksha e com o dedo mediano e o polegar mover as contas. Coloque um recipiente de cobre, cheio de água, em frente a você. Ao completar a repetição do mantra 108 vezes, beba a água. Pode-se também borrifar um pouco desta água ao redor do quarto ou dentro do recinto cantando o mantra. Isto fará com que a energia negativa ao redor do ambiente seja destruída.

Nada impede que a qualquer hora do dia ou em qualquer situação se recite o mantra ou ouça um CD. É muito importante que a pronúncia seja correta porque o efeito provem da vibração sonora.

Benefícios e vantagens do Mantra

Este mantra emite vibrações positivas divinas formando, ao seu redor, um escudo divino (Kavacha). Este escudo o salvará das efermidades e influências negativas. Este mantra o transformará curando suas doenças internas, rejuvenescendo-o e lhe ajudará a anular as circunstâncias severas. Ao repetir o mantra, mentalize que Shiva o está curando, dando-lhe longevidade. O efeito deste mantra aumenta quando ele é cantado concentrando-se na imagem do Mahamrityunjaya Yantra (mandala violeta).

O Maha Mrityunjaya é um mantra doador de vida. Este mantra resguarda da morte e acidentes de todos os tipos. Tem um grande poder curativo e deve ser repetido sempre antes de qualquer viagem. É também um Moksha-mantra que outorga a liberação. É um mantra do Senhor Shiva que proporciona saúde, vida longa, liberação e prosperidade.