Culto aos Ancestrais

Muitas culturas ao redor do mundo veneram seus ancestrais. Entre os nativos-americanos, a veneração dos ancestrais tem como objetivo garantir a harmonia, o bem-estar e conscientização positiva sobre a eternidade do Ser. A função social ou não-religiosa do culto aos ancestrais é cultivar valores e virtudes, tais como perdão, lealdade, família e continuidade. A veneração aos ancestrais ocorre em sociedades com graus de complexidade social, política e étnica diferentes, mas continua sendo um componente importante nas práticas xamânicas até os dias atuais. Todo aquele que nega sua tradição, nega sua ancestralidade.

“Roda Medicinal” – Curso com Certificação e Oráculo.

Observando os ciclos da vida, os nativos norte-americanos criaram para uso cerimonial o oráculo da Roda Medicinal (Medicine Wheel). Formada por 36 pedras que representam o Universo a Consciência e o Grande Espírito, as tradições xamânicas recorrem ao poder da Roda Medicinal e seu conjunto de arquétipos para viver em harmonia e equilibrio com o Universo e a Natureza Interior. Descubra a sua posição na Roda da Vida! Aprenda a utilizar o oráculo dos Nativo-Americanos em suas consultas!

Solstício Inverno. Ritual Xamânico com Ayahuasca.

Em várias culturas ancestrais, o Solstício de Inverno era celebrado para o renascimento e a renovação das esperanças, para novas promessas de vida e realizações. Os nativos norte americanos celebram a “Renovação da Terra”. Os Festivais Solares aconteciem em datas fixas, marcando pontos de transição entre os solstícios e os equinócios. As cerimônias sazonais não marcam apenas a jornada do Sol, mas também o ponto crítico das estações, dos ciclos agrícolas e da vibração planetária, refletindo em nossos sentimentos e ações. No inverno podemos olhar para o nosso interior e encontrar essa fonte de luz e de regeneração. A noite anterior ao Solstício do Inverno é a noite mais escura, simbolizando a gestação no ventre, antes do nascimento. A Direção Sul (Norte para o hemisfério Norte) é a direção associada ao inverno e ao totem do Búfalo Branco.